segunda-feira, 1 de março de 2021

E-book da Belzinha e sua turma nº 01 na Amazon

Divulgação

A revista impressa da Belzinha foi publicada na década 90 por uma importante editora paulista e era distribuída nas bancas e livrarias de todo o país. Foi um grande sucesso!

E agora, está sendo republicada mais atualizada e divertida, mas desta vez, no formato E-book.

A edição nº 01 da Belzinha e sua turma está sendo lançada pela Editora Gibizinho e o Estúdio Moacir Torres.

O primeiro e-book da pequena Belzinha e seus bonecos que falam já está na Amazon.

São 16 páginas recheadas de atividades interativas como: Sete Erros, Cruzadinhas, Jogo das Sombras, labirinto e Caça Palavras. Muita diversão junta!

E para você ter a revista, basta acessar: https://www.amazon.com.br/dp/B08XMZ84MF

APOIO: PRÓ ARTIS 

Lançamento - Conanzine 04

Divulgação

Fanzine em homenagem ao personagem Conan, O Bárbaro.

Este número é dedicado ao filme Conan, O Destruidor, exibido nos cinemas em 1984.

O zine traz uma coletânea de ilustrações que reproduzem os personagens do filme, em especial Conan.

As artes foram produzidas exclusivamente para esta publicação por: Adão de Lima Jr (RS), Bira Dantas (SP), Carlos Franzoy (SP), Edenilson Fabrício (SP), Eduardo Vetillo (SP), Eric Ricardo (MG), Heraldo Wilson (RJ), Humberto Yashima (PR), Jader Correa (RS), Josias Silveira (RS), Juliano Kaapora (SP), Kris Zullo (SP), Law Tissot (RS), Lucas SB (RS), Rafael Costa (RS), Rom Freire (MA), Vantuir Pott (SC) e Walquir Agertt (RS).

Capa: Mozart Couto (MG) e Clayton Cardoso (RS).

São 22 páginas, capa colorida e miolo p&b, impressão digital, formato A5, R$ 10,00 + frete.

A versão digital é gratuita.

Solicite pelo e-mail tchedenilson@gmail ou instagram @tchezine 

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

AJURICABA - Mais de 30 nações indígenas vão a guerra contra o colonialismo em nova HQ

Texto: Emerson Coe

No final do ano passado o estúdio Black Eye lançou “Ajuricaba”, uma história em quadrinhos de 132 páginas, que conta a saga do líder indígena Manao, responsável pela maior campanha de resistência anticolonialista das nações indígenas do Amazonas no século XVIII.

A publicação foi distribuída em bibliotecas públicas e escolas municipais graças ao edital Prêmio da Prefeitura de Manaus, Conexões Culturais de 2018 que possibilitou que a história dos Manaos chegasse aos quadrinhos, criada pelo jornalista, roteirista e ilustrador Ademar Vieira e ainda com os desenhos de Jucylande Júnior, do estúdio C-4; arte-final de Tieê Santos a arte da capa ficou nas mãos habilidosas de Ana Valente.

A novela gráfica, remonta a saga de Ajuricaba pouco antes de ele se tornar líder de seu povo. Os manaos ou manaós eram uma tribo guerreira que lideravam a maior parte das tribos do Rio Negro. A princípio aliada aos portugueses, faziam trocas para conseguir escravos indígenas que eram levados para os engenhos de cana de açúcar no Pará e Maranhão, após o assassinato do pai, Ajuricaba, assume o comando dos Manaos e inicia uma longa campanha de guerra ao colonialismo português, que dura cinco anos e mobiliza mais 30 nações indígenas.

Muito além do entretenimento, a HQ tem um valor histórico e cultural simbólico para o povo de Manaus e do Amazonas.  “Antes de escrever o roteiro, eu fiz uma pesquisa histórica e antropológica para conhecer mais sobre Ajuricaba e os Manaos e recebi ajuda do escritor Márcio Souza e do historiador Davi Avelino. Tive acesso a um vasto material muito específico sobre o momento histórico em que a HQ se passa, por isso, eu acho que essa é uma história bastante necessária para o público de hoje, principalmente para que os manauaras conheçam melhor a nossa própria história”, disse Ademar Vieira.

Fonte: https://www.diarioonline.com.br/ 

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Ultimato do Bacon Editora revela próximo título e novo projeto

Divulgação

A nova editora Ultimato do Baconanunciada em janeiro, já está com a primeira publicação em pré-venda na plataforma colaborativa Catarse. Agora, ela revela novidades para o próximo quadrinho e mais.

Com Escafandro # 1 - O Vampiro de Polidori (formato 17 x 25 cm, 36 páginas, capa cartonada), escrito e desenhado por Laudo Ferreira, passado dos 50% da meta inicial e lançamento programado para o próximo mês de maio, a editora fará uma live com o autor em seu canal no YouTube para falar do projeto, os bastidores da produção, mostrar algumas artes e outros detalhes.

E continuam os planos editoriais para o restante deste ano, com novas informações dos próximo título e outros projetos.

Universo HQ teve acesso antecipado a algumas informações que serão detalhadas no vídeo.

A segunda edição de Escafandro trará a história O Crime de Lorde Arthur Savile, com roteiro e arte de Flavio Soares (A vida com LoganA Lei de Murphy). A obra é baseada no conto de Oscar Wilde publicado originalmente em 1891. A HQ buscará manter o clima de mistério e o humor presentes no original. “Minha intenção é traduzir esse clima nos desenhos e cores, especialmente nas expressões do jovem lorde. Esse equilíbrio entre o humor e o suspense é a parte mais complicada... mas quando funciona, tem um resultado muito legal”, disse Flavio.

Na história, às vésperas de seu casamento, Lorde Arthur descobre de um quiromante que um crime está em seu futuro. Inicialmente cético, ele tenta então evitar o macabro destino a todo custo, nem que para isso tenha que provocá-lo antecipadamente. Infelizmente, as ironias da vida parecem não querer ajudar o noivo que se empenha cada vez mais em sua empreitada.

A data da campanha no Catarse será revelada quando Escafandro # 1 - O Vampiro de Polidori chegar ao fim, em março.

RPG também está chegando



A outra novidade é Tagmar, criado em 1991 e anunciado na época como o primeiro RPG brasileiro. Uma de suas grandes novidades era trazer regras, ambientação, magias, criaturas e uma aventura pronta em um único livro, facilitando o acesso dos jogadores ao sistema.

Naquela época, os livros de RPGs eram importados e era necessário uma série deles para se conseguir jogar outros sistemas como GurpsD&D e WhiteWolf.

Tagmar 3.0, trazido pelo Projeto Tagmar em 2018 e desenvolvido pelos fãs e jogadores do sistema. está hoje sob a licença Creative Commons 3.0, inteiramente gratuito em versão digital no site do projeto e terá auxílio da Ultimato do Bacon Editora para a geração de cópias impressas a preço de custo para os jogadores que assim desejarem.

Fonte: http://universohq.com/ 

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Catálogo HQ Brasil ganha versão bilíngue em parceria com consulado canadense

Divulgação

Catálogo HQ Brasil, desenvolvido em 2019 pela Bienal de Quadrinhos de Curitiba em parceria com o Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty, acaba de ganhar uma versão ampliada e bilíngue numa iniciativa com o Consulado de Montreal, no Canadá.

O catálogo, em inglês e francês, compila 100 obras relevantes produzidas no Brasil entre 2009 e 2019 e é um apanhado do que de melhor foi produzido em quadrinhos por aqui na última década, sob edição de Érico Assis. O lançamento aconteceria em maio de 2020, mas foi adiado devido à pandemia e chega agora digitalmente para reforçara relevância dos quadrinhos brasileiros lá fora.

Para fazer o download, clique aqui.

A versão em português, lançada em 2019, para todos os Centros Culturais do Brasil no exterior, e para editoras estrangeiras e festivais especializados. Como reconhecimento, oi indicado ao Troféu HQ Mix na categoria Publicação Teórica.

Fonte: http://universohq.com/ 

Cirquinho do Piruquinha 02 é o novo e-book da Editora Gibizinho na Amazon.

Editora Gibizinho

Com a finalidade de diversificar suas publicações, o Estúdio Moacir Torres e a Editora Gibizinho vêm desenvolvendo revistas de atividades interativas de várias famílias de personagens. 

Esta nova publicação, “Cirquinho do Piruquinha”, traz várias atividades, como: Sete Erros, Labirinto, Cruzadinha, Jogo das Sombras e muito mais

Piruquinha, Pompita, Vó Piruqueta, Mandiokinha e Queijinho são alguns personagens dessa turminha que estão em brincadeiras divertidas e educativas.

14 páginas com muitas atividades interativas para os pequenos se divertir à vontade. 

Cirquinho do Piruquinha custa R$ 3,99 e pode ser baixado neste link:

https://www.amazon.com.br/dp/B08W1TYLQ1

APOIO: Pró Artis 

sábado, 30 de janeiro de 2021

Novo e-book das Maluquinhas já está disponível na Amazon


Divulgação/Editora Gibizinho

O Estúdio Moacir Torres e a Editora Gibizinho acabam de lançar o segundo número da revista de atividades “As Maluquinhas”, disponível na Amazon.

A publicação vem recheada de atividades como Caça Palavras, Jogo dos 7 erros, labirinto, Cruzadinhas e muito mais.

“Criada pelo cartunista e escritor Moacir Torres em 1980, As Maluquinhas já circulou pelos principais jornais e revistas infantis do país, alegrando e ensinado várias gerações.

O que vem consolidar ainda mais a força desta marca.”

Link da publicação (e-book): https://www.amazon.com.br/dp/B08V1K9LBR

Apoio: PRO ARTIS 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Editora Ultimato do Bacon estreia este ano focando em quadrinhos nacionais



Uma nova editora estreia este ano para publicar quadrinhos nacionais. A Editora Ultimato do Bacon surge a partir do site Ultimato do Bacon, criado em 2017 e que fala de quadrinhos, filmes e séries.

A proposta é trazer obras nacionais com valores acessíveis para contribuir na formação de novos leitores de quadrinhos. De acordo com os responsáveis, a ideia é "menos capa dura e preços mais baixos". Os quadrinhos são o foco principal neste início, que sairão pelo selo Sobrecapa (mesmo nome do canal de quadrinhos do grupo no YouTube). O primeiro título será Escafandro, com periodicidade bimestral, apresentando histórias completas em cada número com autores diversos e diferentes gêneros, como terror, ficção científica, aventura e comédia.

Os primeiros projetos terão pré-venda com brindes exclusivos através da plataforma colaborativa Catarse, a partir de fevereiro. “A ideia é valorizar e priorizar as pessoas que investirem através do Catarse, apostando nesse formato de quadrinhos com qualidade, mas mais acessíveis”, diz Lucas Souza, um dos sócios da editora. “No momento, estamos apostando diretamente nos leitores. Talvez a gente consiga disponibilizar depois para venda, mas ainda não é certeza. Por enquanto faremos apenas pelo Catarse, então eu sugiro garantir o quanto antes”, completa.

A ideia de começar apenas pelo Catarse veio após uma conversa com o desenhista Pedro Mauro, que recentemente viabilizou a publicação de Cowboy - Primeiras Histórias na plataforma. “A editora ainda está nascendo. Então precisamos prever espaço de estoque, distribuição e toda essa logística. Nesse início das atividades, é importante manter um número menor de edições já impressas no estoque, mesmo porque teremos novos títulos a caminho em breve. Pelo menos por enquanto, a ideia é trabalhar com uma tiragem limitada, que atenda o público, mas sem sobras. Acabou, acabou” complementa Alexandre Baptista, um dos editores do selo.

Primeiras publicações

Escafandro # 1 terá 32 páginas e roteiro e arte do quadrinhista Laudo Ferreira, autor de obras como YeshuahO Santo SangueZé do CaixãoCadernos de ViagemTianinha e outros. Ele apresentará a sua versão para O Vampiro, de John William Polidori, em uma tenebrosa aventura com um vampiro que não segue a tradicional mitologia das estacas, cruzes e luz do sol.

O Vampiro de Polidori é a primeira aparição literária no mundo dessa figura, hoje extremamente comum nas histórias de terror. Em 1816, Lorde Byron convidou algumas pessoas para um festim em sua mansão na Suíça, às margens do Lago Leman. Sendo uma noite chuvosa e um tanto soturna, Byron pediu aos convidados que sugerissem histórias de terror e as desenvolvessem. Foi esta a fatídica noite em que Mary Shelley criou as bases do clássico Frankenstein ou o Prometeu moderno publicado posteriormente em 1823.

Porém, outra figura do terror também nascia no mundo. Baseado em uma ideia do próprio Lord Byron, Polidori, que era médico pessoal do Lorde, desenvolveu o conto publicado originalmente em 1819 e que, anos depois, serviu como base de inspiração para o Drácula de Bram Stoker.

Escafandro conterá somente histórias fechadas. Segundo a editora, isso permitirá que o leitor possa adquirir somente as histórias que interessem a ele a cada edição. Os números que se seguirão à estreia incluirão a adaptação de um clássico do humor negro de Oscar Wilde, por Flavio Soares e duas grandes obras – um terror/suspense internacional e um terror da Literatura Brasileira - em edições distintas, por Marcel Bartholo.

A revista ainda terá edições por Luís Carlos Sousa (Lâmina Azulada), Rafael Dantas e Raulzito Peixoto (Mandacaru Vermelho), Will (Mil Léguas TransamazônicasDemétrius Dante) e outros autores. A Editora Ultimato do Bacon planeja revelar mais detalhes em breve.

Além da revista bimestral, estão planejadas edições especiais da Escafandro com mais páginas para contemplar projetos maiores. Outros títulos e trabalhos autorais de diversos autores também estão na mira, incluindo uma saga baseada em lendas urbanas e ícones da cultura pop, com argumento de Alexandre Baptista e um time de grandes artistas. O plano é que saia no segundo semestre de 2021.

Fonte: Universo HQ


sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

36º Prêmio Angelo Agostini vai escolher os melhores quadrinhos nacionais de 2019



Com um ano de atraso, a Associação de Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESPabriu votação do 36º Prêmio Angelo Agostini para eleger os melhores quadrinhos nacionais publicados ao longo de 2019.

De acordo com a associação, a demora aconteceu devido aos percalços provocados pela pandemia de Covid-19.

A primeira fase da escolha dos trabalhos foi com a votação de jurados ligados à área, que compuseram uma lista de indicados ao prêmio para a votação final pública.

O formulário final, disponível no site da premiação, ficará disponível até o dia 31 de janeiro e qualquer pessoa interessada pode votar, sejam quadrinhistas, profissionais da área, jornalistas, colecionadores ou leitores. Ao todo são 10 categorias. Para acessar e votar, clique aqui.

Fonte: http://universohq.com/ 

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Petrobras Cultural prorroga inscrições para edital focado em feiras e ações literárias


Serão investidos R$ 2 milhões em iniciativas voltadas para o público infantil. Interessados têm até 12/02 para se inscreverem

A Petrobras prorrogou até o dia 12 de fevereiro, as inscrições para projetos de feiras e ações literárias do Petrobras Cultural, lançado em novembro passado. 

Com um investimento total de R$ 2 milhões, a seleção é destinada a iniciativas com ênfase na primeira infância - crianças de até seis anos de idade. 

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do site da Petrobras. Além de feiras literárias, serão recebidos projetos para bienais de livros, festas literárias, eventos de quadrinhos e outros formatos que possibilitem reunião de editores e livreiros para exposição de livros. 

Os projetos também devem proporcionar a presença de autores, mesas de autógrafos, espaços para mesas de debate, de discussão e fóruns de temas ligados à área do livro e programação para o público em geral, com atividades voltadas à mediação e incentivo à leitura.

TAGS: PETROBRAS Fonte:

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Novo trabalho de Marcelo Saravá mostra o misterioso assassinato de um quadrinhista

Divulgação

A editora Zarabatna Books está lançando Meta - Depto. de Crimes Metalinguísticos (formato 17 x 26 cm, 160 páginas, capa cartonada, R$ 60,00), nova graphic novel de Marcelo Saravá, autor de obras como Quarta-feira de cinzas (2015) e Aos cuidados de Rafaela (2014). O trabalho conta ainda com arte de André Freitas e cores de Omar Vigñole.

A edição está à venda na Amazon com frete grátis para assinantes prime.

A história parte do assassinato de um desenhista, cujos principais suspeitos são os personagens criados por ele para uma HQ. Nesse contexto, entra em cena Meta, uma polícia secreta que investiga casos ocorridos em universos diferentes, com detetives que atuam nos quadrinhos, teatro, literatura, cinema e quaisquer outras mídias narrativas e quebram a quarta parede para sair desses universos e solucionar os mais estranhos casos.

Em um exercício estilístico de narrar histórias sobre o ato de contar histórias, o roteiro de Saravá reúne drama, humor, experimentalismo e cultura pop, colocando em discussão a relação das pessoas com as artes.

Dentro dessa ideia, Meta conta com a participação especial de personagens conhecidos, como Bone, do autor norte-americano Jeff Smith, e Deus, do cartunista brasileiro Carlos Ruas. Ao todo, a HQ contém 19 artes de quadrinistas brasileiros e internacionais, como Walt Simonson e Laerte Coutinho, além de incluir homenagens póstumas a Juan Giménez e Daniel Azulay, falecidos em 2020.

Fonte: http://universohq.com/ 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Conheça Eram os Deuses Idiotas? E outras histórias de Natal, de Jader Corrêa

Divulgação

O quadrinhista Jader Corrêa lançou sua mais nova HQ: Eram os Deuses Idiotas? E outras histórias de Natal (formato 20,5 x 14,5 cm, 40 páginas, R$ 30,00 com frete incluso). O lançamento ocorreu durante a CCXP Worlds, que aconteceu virtualmente entre os dias 4 e 6 de dezembro de 2020.

A edição reúne contos de Natal produzidos ao longo dos últimos anos por Jader e publicados em suas mídias sociais. Segundo o autor, a obra traz diversos dos seus questionamentos, preocupações e maravilhamentos sobre o mundo em que vivemos, com uma mensagem de esperança presente em toda história de Natal, mas com pegada de ficção científica.

Jader Corrêa também é autor de Natureza Artificial e A Liga dos Pampas, chargista da revista Planeta Arroz, produziu sketch cards para o mercado norte-americano, além de ter participado de diversas coletâneas e ilustrações de livros.

Interessados podem adquirir na página do Facebook do autor ou no e-mail alexandriaquadrinhos@gmail.com.

Fonte: http://universohq.com/ 

Está chegando a mais nova edição da Tabuada da Turma do Gabi.

O Estúdio Moacir Torres e a Editora Gibizinho acabam de lançar o sexto número da revista de atividades “Tabuada da Turma do Gabi”, disponível na Amazon.

Para auxiliar na fase da aprendizagem, suas atividades levam as crianças a lidarem melhor com os números e com a matemática, por meio de brincadeiras super educativas.

“Criada pelo cartunista e escritor Moacir Torres em 1975, a Turma do Gabi já circulou pelos principais jornais e revistas infantis do país, alegrando e ensinado várias gerações.

O que vem consolidar ainda mais a força desta marca.”

A publicação (e-book) já está disponível pelo site da Amazon.

https://www.amazon.com.br/dp/B08QD4X178

Apoio: PRO ARTIS