segunda-feira, 25 de junho de 2018

Inaugurada a loja Cosmos de HQs, em Brasília

Divulgação

Foi inaugurada no último sábado (23) em Brasília a loja Cosmos (714 Norte bloco D, loja 31), um ponto de encontro para fãs de histórias em quadrinhos, toys e cultura pop. Com foco em produtos criativos feitos por artistas brasilienses, o espaço ainda conta com uma área para eventos, cursos e palestras.

Na data foi realizado também o lançamento do selo Cosmos de Quadrinhos, com a primeira edição do gibi Billy Soco, personagem criado pelo quadrinhista brasiliense Gabriel Góes. A equipe do selo é mesma que lançou a revista Brazilla e nasce com a proposta de criar uma plataforma para criar e viabilizar projetos ligados ao mundo dos quadrinhos.

Billy Soco é um lançamento em parceria com a editora Beleléu  e traz o personagem-título Billy Soco, um super-herói genérico – intrépido e superforte –, desses que surgem durante uma aula entediante nas últimas folhas de um caderno do primeiro grau. A revistinha intercala as batalhas do personagem contra monstros gigantes com anúncios fictícios de bonequinhos do personagem e cupons promocionais de seus gibis.

Cidade de Sangue é uma graphic novel escrita por Márcio Jr. e desenhada pelo veterano Julio Shimamoto. Com uma dramática trama policial ambientada em Goiânia/GO, no árido Centro-Oeste brasileiro, é provavelmente a mais longa HQ de toda a carreira de Shima. Todas as páginas foram criadas com ferro de solda sobre papel de fax. Um lançamento da editora MMArte, a obra foi financiada pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás.

Gabriel Góes e Márcio Jr. estarão presentes na inauguração da Cosmos de Quadrinhos.


domingo, 24 de junho de 2018

Jovens brasileiros se reúnem em um projeto independente para propagar o Quadrinho Nacional - Seca de Nanquim

Divulgação

Um grupo de jovens quadrinistas independentes se juntaram para produzir uma paixão de todos os envolvidos no projeto, fazer quadrinhos. Os envolvidos são da periferia de São Paulo, Osasco e até do interior de Minas Gerais.

Eles se conheceram em 2014 no curso “Fanzines nas Zonas de Sampa”, oferecido pelas bibliotecas municipais e ministrado por Thiago SpykedFernando dos Santos e Gau Ferreira na Biblioteca Municipal Paulo Setúbal, mas não contentes com a edição compilada da história produzida no curso, eles decidiram se reunir e lançar próprias edições.

Assim surgiu o Seca de Nanquim, um lugar que reúne trabalhos de diversos quadrinistas nacionais e internacionais, com muitos elogios das críticas e bastante recomendado. Um projeto feito de coração, para atender à todos os leitores que gostam de ler quadrinhos. Pois há diversos tipos de histórias para todos os gostos.

O projeto já esteve presente em vários eventos neste ano de 2018, como o Prêmio Angelo AgostiniFestival Guia dos QuadrinhosFIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, em Minas Gerais, além dos eventos espalhados pelos Sescs de São Paulo e feiras literárias em bibliotecas e centros culturais da cidade.

Entre os quadrinhos independentes que estão em produção, de vários artistas como o Gui Feliciano, Paula Yuri Fujimoto, Bárbara Bueno, Deni Akio, Danilo Hasor, entre outros quadrinistas. Confira abaixo alguns trabalhosque já estão disponíveis, para adquirir algum exemplar do Seca de Nanquim, basta entrar em contato com algum dos artistas ou acessar a página do coletivo, pedir seu exemplar e se deleitar com a produção dos trabalhos desses jovens quadrinistas.
Atualmente, o Seca de Nanquimconta com seis obras publicadas, cada uma com um público e temática diferente, abrangendo desde os quadrinhos, sketchbooks e até jogos eletrônicos, uma tamanha diversidade se reflete na composição do grupo, que entre seus sete membros ativos atuais, possui desenhistas, roteiristas, uma colorista, uma animadora e um programador.

Veja abaixo um pouco das obras de alguns artistas do Seca de Nanquim:


A Coelha e o Picolé
“Babuelha levava uma vida feliz até o fim do ensino básico. Porém, por não decidir qual carreira seguir, acaba indo parar numa escola conhecida como “inferno na terra”.
Arte e Roteiro: Gui Feliciano.

Bloqueio Criativo
“A história de um artista com bloqueio criativo, que faz de tudo para ter sua criatividade de volta, apelando até para seres imaginários, como as fadas, além de tomar pílulas de memória para desbloquear suas ideias.”
Arte e Roteiro: Paula Yuri Fujimoto

Coração Mole, Couro de Pedra
“Coração mole, couro de pedra” é uma história sobre amor, solidão, confiança ou a falta dela. Se passa num país fictício onde o sexo foi banalizado, e o culto ao corpo e ao supérfluo imperam. Em contraposição, a protagonista, criada por uma figura feminina forte, que abomina tais valores, busca um amor verdadeiro e duradouro, lutando contra a não aceitação tanto por parte dos outros, quanto de si mesma, e contra barreiras que ultrapassam o emocional, a tornando impossível de ferir fisicamente, mas também insensível ao toque. Para nosso grupo exclusivamente vou revelar o spoiler de que o próximo capítulo mostrará um segundo interessado no roubo das pedras e que a execução deste roubo com todos os envolvidos definirá o ponto de virada que culminará em vários dos elementos descritos na
minha sinopse.”
Arte e Roteiro: Bárbara Bueno.

Flores & Fúria
“Em um arquipélago em que se vive a distopia do “salve-se quem puder”, uma jovem florista se arrisca tentando gerar gentilezas em terras onde o mais forte é quem governa. Nesse contexto, ela acaba conhecendo o maior ladrão daquele lugar, que se revela ter alguma conexão com suas flores, estas que parecem ser bem mais do que meros presentes.”
Arte e Roteiro: Deni Akio.

O Diário Randômico
“Aventuras e desventuras envolvendo os guardiões do Diário da realidade.”
Arte e Roteiro: Gui Feliciano.

Rock, A Busca
“Relata um fato que aconteceu com o jovem Jimi Roque, onde em um sonho se viu frente a frente com lendas do Rock, que lhe passaram uma mensagem um tanto inusitada, é ai que entra a questão de acreditar ou não no que lhe foi transmitido, seria real ou apenas um sonho comum?
Arte e Roteiro: Danilo Hasor.

Seca de Nanquim
Mais informações acesse os endereços abaixo:
Site | Facebook | Instagram


quarta-feira, 20 de junho de 2018

Lançamento - Hell No, Ruído e Teocrasília - Ugra Press

Divulgação

No próximo sábado, 23 de junho, a partir das 16h, a loja Ugra Press (Rua Augusta, 1371, loja 116, São Paulo/SP) realizará o lançamento de três HQs nacionais, com a presença dos autores.

Hell No! – Os diabos tão soltos (formato 15 x 23 cm, 36 páginas, R$ 20,00) é a segunda parte da trama, que desta vez traz Lúcio e seus meios-irmãos em um terreno inóspito para eles, um lugar no qual demônios são encarados como sendo… demônios! O título é criação do quadrinhista Leo Finocchi e é um lançamento da Balão Editorial.

A série também pode ser acompanhada pela internet no Tapastic.
Ruído é a 16ª edição da Coleção Ugrito, uma desafiadora “HQ-Performance Poesia Acidental” com traço e texto de Paulo Crumbim (Quadrinhos A2, Gnut, Penadinho – Vida).

Teocrasília, de Denis Mello, é uma trama num futuro próximo e distópico, no qual a “Bancada da Palavra” consegue estabelecer um regime teocrático no Brasil.

A população de forma geral se curva ao novo sistema, especialmente uma eufórica parcela conservadora que aclama a reforma promovida pelo “Divino Altar” nos templos, mas um trio subversivo mostrará que é possível resistir, de várias formas.


terça-feira, 19 de junho de 2018

Quadrinho Brasileiro - Exceção Hostil aborda preconceito em cenário futurista


Durante o FIQ – Festival de Quadrinhos de Belo Horizonte, foi lançada a revista em quadrinhos independente Exceção Hostil (formato 17 x 24 cm, 60 páginas, R$ 15,00), escrita por Gabriel Godinho Sampaio e desenhada por Luiz Gustavo Maduro Pereira.

Ambientada em um futuro próximo, mas muito parecido com o cenário atual, a história mostra Acira, uma mulher órfã, homossexual e deficiente física em busca de justiça ao combater racismo, homofobia e injustiça sociais. 

Para isso, ela (uma ciborgue) se prepara ao longo da vida com estratégias intelectuais e tecnológicas, além do apoio dos amigos de infância William e Niza, que passa a ser sua companheira na idade adulta.

Os antagonistas de Acira são o político conservador Joel Mussono e a facção extremista CHUD (Clã dos Humanos Decentes), que persegue minorias.

A edição está disponível na Amazon Brasil no formato eBook. A versão física pode ser encontrada no Mercado Livre.


sexta-feira, 15 de junho de 2018

Catarse - Novo volume da Coleção Quadrinhos e Educação


Coleção Quadrinhos e Educação é organizada pelo Prof. Thiago Modenesi, dos Programas de Mestrado em Inovação e Desenvolvimento da UNIFG/PE e do Mestrado em Gestão Pública da UFPE, e pelo Prof. Amaro Braga, da UFAL. Nela estão reunidos artigos de professores, estudantes e pesquisadores de quadrinhos e educação de todo o Brasil.

A coleção passa a ser publicada pela editora Quadro a Quadro, e o primeiro lançamento na nova casa é o livro Quadrinhos e Educação – Série II – Volume I (formato 15 x 22 cm, 178 páginas), que reúne artigos de vários autores tratando a temática da relação das histórias em quadrinhos com a educação sobre os mais variados olhares, um tema atual que tem aumentado bastante o seu alcance.

Dentre os autores, estão Marilda Lopes Pinheiro Queluz, Paulo Ramos, Ana Cristina Carmelino, Luana Ferraz, Danielle Barros Silva Fortuna, Edgar Silveira Franco, Fábio Tavares Da Silva, Rogério Junior Correia Tavares, Márcio Sno, Sabrina Da Paixão Brésio, Fábio Da Silva Paiva, Ernani Nunes Ribeiro, Rosa Alicia Nonone Casella, Thiago Vasconcellos Modenesi, Raul Felipe Silva Rodrigues, Márjorie Garrido Severo, Valéria Aparecida Bari, Wanderson Cruz Dos Santos, Rosângela Tenório De Carvalho e Daniela S. Domingues Marino.

O título será lançado nas 5as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos, que acontecerão na USP – Universidade de São Paulo de 22 a 24 de agosto de 2018. Para viabilizar a publicação, a obra está participando da plataforma colaborativa Catarse

Confira as diversas recompensas e saiba como participar clicando aqui.


quarta-feira, 13 de junho de 2018

Agosto é o novo mês das noivas em Indaiatuba - SP.

Divulgação

Indaiatuba Expo Noivas 2018 realiza segunda edição e traz novidades nos dias 4 e 5 de agosto

O mercado de casamentos tem se adaptado aos momentos de instabilidade financeira do país nos últimos anos, mas continua gerando expectativa entre fornecedores e clientes que buscam as tendências do mercado.

A Indaiatuba Expo Noivas traz em agosto sua segunda edição do ano, com expositores de toda a região, apresentando alternativas para quem deseja realizar sua festa, aniversário ou casamento com economia, mas sem perder a sofisticação, na praça de eventos do Polo Shopping Indaiatuba.

Os stands apresentarão mostras de decoração, buffet, trajes, lembrancinhas e todos os itens para realizar um evento completo.

Seguindo a tradição dos anos anteriores, o evento contará com o tema “Amores em Paris”, inspirado na delicadeza e sofisticação de um dos locais mais apaixonantes do mundo.

Para abrir as a feira, acontece no dia 29 de julho, a partir das 18h, o grande desfile com trajes de festa e casamento, que promete trazer uma estrutura grandiosa e temática.

No final de semana seguinte, dias 4 e 5 de agosto, o público poderá conferir mais de 40 empresas expondo as novidades do setor para os próximos meses, além de visitar diversos espaços com simulação de decorações e outros itens indispensáveis para casamentos e outras festas.

A Indaiatuba Expo Noivas acontece desde o ano de 2012 e se tornou um dos principais eventos da região, gerando em torno de um milhão de reais em contratos fechados.
Todas as atrações são gratuitas.

Serviço:
Local: Polo Shopping Indaiatuba
Desfile: 29 de julho às 18h
Feira: Dia 4 de agosto das 10 às 22h
Dia 5 de agosto das 14 às 20h

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Abertas inscrições para o Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação - RJ


Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação 2018 abriu inscrições para mostra competitiva de quadrinhos e animação. Até o próximo dia 9 de junho, o festival receberá trabalhos de HQs e desenhos animados, concorrendo a vários prêmios, no site oficial.

Os vencedores das categorias de melhor roteiro, melhor desenho, obra original e vencedor absoluto serão divulgados no evento, que acontecerá na última semana de agosto de 2018, em Teresópolis/RJ, no UNIFESO. Tudo acompanhado por palestras, oficinas e workshops com entrada franca – inscrições prévias no site.

Neste ano, o evento vai comemorar a edição 1000 da revista Action Comics, nos 80 anos da Superman. O festival também irá celebrar o retorno dos personagens da Hanna-Barbera nas HQs. 

Haverá sessões exclusivas dos estúdios, com animações remasterizadas de Space Ghost, Manda-Chuva, Zé Colmeia, Pepe Legal, Scooby-Doo, Flintstones e outros.

Será lançado o livro Guia Rápido: StoryBoard – Produção para Cinema, Motion Design, Animação e TV com HQ, da editora 2AB, dos autores Rodrigodraw Miguel e Giselle Couto.


quinta-feira, 7 de junho de 2018

Lançamento - Manual Para dias Cinzentos - Guilherme Infante - SP.


No próximo sábado, 9 de junho, o autor mineiro Guilherme Infante irá lançar, em São Paulo/SP, seu novo livro de tirinhas, o Manual Para dias Cinzentos. Esta é a segunda publicação de tirinhas do personagem Capirotinho, que surgiu no formato webcomics e agora ganha outra edição impressa com mais de 150 tirinhas inéditas.

Manual Para Dias Cinzentos é o segundo livro do Capirotinho, um guia para quem vê um espectro monocromático pairando no ar até mesmo nas coloridas e ensolaradas manhãs dos domingos de verão. Dividido em capítulos que abordam temas cotidianos, esse manual vai ajudar a aproveitar a falta de cor que permeia as idas e vindas dos dias.

O lançamento ocorrerá das 10h às 20h, durante o evento Ink N’ Books, promovido pelo Estudio Raben Tattoo (Rua Francisco Cruz, 389, próximo ao metrô Vila Mariana). Confira outras informações no Facebook.

O público do evento receberá um prelúdio dos novos quadrinhos de Guilherme Infante, As Cicatrizes do Circo Sabiá.


terça-feira, 5 de junho de 2018

Catarse - Um Menino Chamado Sue - Eurico Santos, Felipe Moura e Leonardo Santana


HQ traz um garoto em busca de respostas no Velho Oeste

O primeiro projeto da editora Sketch Comics foi lançado na plataforma colaborativa Catarse.

Um Menino Chamado Sue é uma história ambientada no Velho Oeste e conta a trajetória de um garoto em busca de respostas do seu pai sobre um nome que selou seu destino.

Além da história principal, a edição contará com histórias que ampliam o universo da trama e trazem reflexões sobre decisões difíceis e como lidar com as intempéries da vida.

Os roteiros são assinados por Eurico Santos, Felipe Moura e Leonardo Santana.

O projeto contará com 64 páginas em uma HQ no formato 21 x 28 cm e trará artes exclusivas de Luciano Félix, Rafael Sam e Silvio Db, além de bótons com artes de Rodrigo Catraca e Gabriel Reis, e comissions (artes feitas sob encomenda) de Reis, Catraca e Felipe Moura para os apoiadores do projeto.

Confira outras informações clicando na página do projeto.


segunda-feira, 4 de junho de 2018

Confirmado 2º FIQ Jovem, curso de formação de quadrinhistas

Divulgação

Durante a abertura do 10º FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, os organizadores confirmaram a realização do FIQ Jovem 2018 –  Curso de Formação de Quadrinistas.

Esta será a segunda vez que o curso acontecerá (a anterior foi em 2016), numa correalização da Prefeitura Municipal de Belo Horzinte – por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura – do Instituto Periférico e do Sesc em Minas.

O objetivo é desmistificar a produção de quadrinhos e mostrar aos alunos como cada pessoa, com suas próprias vivências e influências, pode encontrar sua forma de contar histórias dentro desse meio.

Serão oferecidas aulas gratuitas entre agosto e dezembro deste ano, voltadas para pessoas que já tenham alguma relação com a criação de quadrinhos, mas que ainda não se profissionalizaram.

Sendo um espaço de preparação profissional e de reflexão sobre a produção em quadrinhos, o curso será ministrado por um corpo docente de profissionais da área, responsáveis por apresentar e desconstruir conceitos referentes às narrativas gráficas.

São 25 vagas ofertadas, e as inscrições poderão ser feitas no site oficial do FIQ a partir da segunda quinzena de junho.

Realizada no segundo semestre de 2016, a primeira edição do FIQ Jovem promoveu a formação de 21 quadrinhistas.

As histórias assinadas por cada um dos participantes foram publicadas na Coletânea FIQ Jovem – Turma de 2016.


domingo, 3 de junho de 2018

Lançamento - Overdrive #2 – Walter Júnior



25 ANOS DEPOIS DO LANÇAMENTO DA GRAPHIC NOVEL INDEPENDENTE “SEMIDEUSES”, OVERGIRL E FEEDBACK RETORNAM EM AVENTURAS INÉDITAS.

Continuando as aventuras de Overgirl e Feedback, nesta edição vamos conhecer um pouco mais sobre o passado de Overgirl, como foi criada a primeira equipe Overdrive e qual foi a inspiração dos quatro adolescentes.

Em meio a esse resgate do passado, duas figuras sinis-tras surgem para aumentar ainda mais o mistério desse passado que assombra os heróis.

GALERIA DE CONVIDADOS DESTA EDIÇÃO: Laudo Ferreira, Alice Monstrinho, Marcelo Valente e Eduardo Schloesser.

OVERDRIVE - A REVISTA
A revista Overdrive trará sempre histórias inéditas, contando a saga de Overgirl e Feedback, após os eventos que ocorreram em Semideuses. Em paralelo, uma curta HQ no final trará acontecimentos que foram a base fundamental da origem dos personagens.

SOBRE O AUTOR
Walter Junior foi um dos fundadores do fanzine SAGA, que recebeu dois troféus "HQMIX". Em 1993, seus personagens Overgirl e Feedback se juntaram a outros personagens, na graphic novel independente “SEMIDEUSES”, premiado pela AQC com o troféu Angêlo Agostini. Walter Junior lançou em 2016 o seu primeiro livro de horror, entitulado “7” e através do selo Overdrive Comics, a recente graphic novel “Eu, vilão”.

DADOS DA EDIÇÃO
OVERDRIVE #2 - Autor: Walter Junior - Páginas: 32 - Formato: 17 x 26cm - Capa: couchê verniz UV - Miolo: Couchê / Colorida - Preço: R$ 10,00
Periodicidade: Quadrimensal


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Socorro! Polícia! Um quadrinho sobre o que a PM sofre e o que sofremos com ela

Os jornalistas Amanda Ribeiro (Folha de S. Paulo) e Luiz Fernando Menezes (Aos Fatos) ficaram um ano tentando responder a essa pergunta. Entrevistaram dezenas de policiais militares e especialistas em segurança pública, leram livros e artigos sobre o assunto e exploraram pesquisas e bancos de dados sobre a instituição.

Tudo isso os levou a descobrir que a questão é muito mais complexa do que parece. Por um lado, a polícia faz execuções sumárias, usa violência desmedida e abusa da autoridade, mas por outro ela sofre com uma estrutura institucional sucateada, baixos salários e falta de segurança.

Em meio a tudo isso, surgiram outros questionamentos. Será que o que a televisão e os jornais mostram é de fato a realidade policial? Seria a tão falada desmilitarização um caminho viável? e a justiça, o controle de fronteiras, a taxa de desemprego e a educação? Elas também não interferem na segurança pública brasileira?

Socorro. Polícia. é uma reportagem em quadrinhos que não tira conclusões. Seu objetivo é mostrar o quão problemática é a situação e que não existem soluções rápidas. Mas uma coisa fica clara, não se pode culpar o policial, pois ele é um dos que mais sofre com a Polícia Militar.
A obra tem 160 páginas, e custa 39,90 no site da Editora Draco.

A Editora Draco também estará no 10º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (30 de maio a 3 de junho – na Serraria Souza Pinto), no estande 4, com todo seu catálogo e mais dois lançamentos: Socorro! Polícia! e o também cyberpunk Cangaço Overdrive.


quarta-feira, 30 de maio de 2018

FIQ 2018 - Bem melhor agora é o lançamento de Isaac Tiago


FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos acontece nesta semana, entre os dias 30 de maio e 3 de junho de 2018.

Um dos lançamentos programados é Bem melhor agora (formato 15 x 21 cm, 168 páginas, capa cartonada), do quadrinhista Isaac Tiago, que estará na mesa 59 do Beco dos Artistas.

A história tem como pano de fundo uma mensagem contra o preconceito racial, utilizando-se de personagens carismáticos e estereotipados.

Nela, um anjo acomodado em seu último dia de trabalho recebe a estranha missão de proteger um diabinho em sua jornada entre os humanos em busca da cura para sua irmãzinha adoentada. Apesar do uso de personagens místicos, a obra não aborda temática religiosa.

A galeria de convidados conta com artes de Mauricio Rett, Bianca Pinheiro, Luana Chinaglia, Fabio Coala, Eric Peleias e Cinthia Fuji.

O projeto começou a ser feito em 2011 e foi concluído em 2015, mas apenas agora é publicado de forma independente, após tentativas com Catarse e editoras.

Outros trabalhos de Isaac Tiago podem ser encontrados no site oficial do autor, Mico Trigo.